(62) 3223 1077 / 3223 7863 (62) 98123 0647 / 98123 0784

Dicas

ÓLEO DE PRÍMULA



ÒLEO DE PRÍMULA

Esta planta era usada pela América do Norte como alimento e da raiz, folhas, flores e caules
os índios curandeiros faziam infusões e extratos emolientes, sedativa (tosse), estimulante da
circulação sanguínea, nutriente capilar e para curar feridas. O Óleo de Prímula é amarelo
pálido claro, com paladar e olfato típico. Refinado e desodorizado, extraído das sementes.

Indicações e Ação Farmacológica
Sendo rico em ácido linoléico, o óleo de Prímula é muito importante na formação da
membrana lipídica, aumenta a penetração de
água na epiderme. Além de combater a hipertensão, o excesso de colesterol ruim e de
glicose.
O ácido gama-linolénico (GLA) reduz a perda de água através da pele e aumenta a tolerância
à exposição dos raios ultra-violeta.
a tensão pré-menstrual, doenças benignas no seio, regulação do nível de colesterol
sanguíneo, agregação plaquetária, regulação da pressão sanguínea, obesidade e doença
atópica.
O uso do Óleo de Prímula é bastante amplo nas áreas Cosméticas, Farmacêutica e Saúde.
Atua normalizando e rejuvenescendo peles sensíveis e delicadas. É indicado para tratamento
de eczemas, psoríase, escleroses, hiperqueratoses e envelhecimento cutâneo.
Auxilia no combate a anorexia e no tratamento de artrite reumática. Outras indicações do Óleo
de Prímula incluem casos de cirrose descompensada, neuropatias diabéticas, tensão pré-
menstrual (TPM) esquizofrenia (coadjuvante).
O Óleo de Prímula possui excepcionalmente alto índice de ácido linoleico (Ômega 6) e
contém o tão importante ácido gama linolênico (GLA). Oferecendo ao organismo elementos
construtivos essenciais, contribuindo no seu bom funcionamento e bem estar.




Voltar

Desenvolvido por: Central Click Marketing Digital